Fazer voluntariado: um guia para se tornar voluntário 

Uma mulher entrega a outra uma lata de comida indescritível.

O voluntariado é uma ótima forma de ajudar a comunidade, apoiando e criando mudanças positivas na vida de que mais precisa. Se tem andado a pensar em como fazer voluntariado, mas não tem certeza por onde começar, este guia é para si.   
Fazer voluntariado pode parecer um pouco intimidante, especialmente se for a primeira vez. Por essa razão abordamos aqui o tema de forma completa — desde como se tornar voluntário até aos benefícios do voluntariado. 

Dividimos em cinco os passos para ser voluntário: 

  1. Encontrar uma causa
  2. Pesquisar oportunidades
  3. Entrar em contacto com a instituição e candidatar-se
  4. Preparar-se para a função de voluntariado
  5. Iniciar a sua primeira função de voluntariado.

Voluntário pela primeira vez: o que é ser voluntário

Uma mulher sorridente, ao ar livre, lê um documento para duas outras pessoas.

Quando se trata de fazer a diferença, todas as pequenas ações contam. O voluntariado vai além da doação de tempo; trata-se de contribuir para uma causa que nos preocupa e gerar um impacto positivo! Quer seja a prestar voluntariado em hospitais ou a fazer voluntariado com crianças, a apoiar idosos ou a distribuir alimentos e bens essenciais a quem precisa, em Portugal ou no estrangeiro, tudo conta. Se tiver algumas horas por semana e uma causa que queira apoiar, não hesite – são muitas as vantagens de ser voluntário.

1. Como ser voluntário: Encontre a sua causa

O primeiro passo para ser voluntário é escolher um projeto com que se identifique. Pense nas questões que são importantes para si e como gostaria de fazer a diferença. Meio ambiente, bem-estar e desenvolvimento infantil, educação, saúde são só alguns exemplos de áreas em que pode ajudar. Quando decidir a causa relevante será mais fácil direcionar a pesquisa e encontrar a instituição de voluntariado indicada. 

2. Onde fazer voluntariado: Pesquise oportunidades

Depois de ter uma ideia da causa que deseja apoiar, pode e deve pesquisar oportunidades de voluntariado. Comece por procurar associações de voluntariado locais da sua área de residência e veja quais os tipos de vagas de voluntariado disponíveis! Pode fazer pesquisas on-line, visitar sites e redes sociais de outros voluntários, avisos da comunidade ou participar em feiras de voluntariado para encontrar potenciais oportunidades. Certifique-se de que lê as descrições das funções com atenção para encontrar uma posição que se adapte aos seus interesses e disponibilidade.

3. Tornar-se voluntário: Entre em contacto e candidate-se

Se ficou interessado em alguma vaga de voluntariado, o próximo passo para se tornar voluntário é mesmo entrar em contato com a respetiva organização. Se não existir um formulário indicado, envie um email ou até ligue. Do outro lado, de certeza que terão todo o gosto em responder às suas perguntas ou conversar mais pormenorizadamente sobre a sua candidatura. 

Nesse primeiro contacto, faça perguntas sobre a função e esclareça quaisquer dúvidas, seja claro sobre as suas motivações e interesses e, acima de tudo, seja honesto sobre a sua experiência e objetivos. Algumas organizações podem pedir uma entrevista ou referências, portanto, é fundamental que esteja preparado para esta parte do processo. 

Existem ainda algumas plataformas de voluntariado como o Banco de Voluntariado de Lisboa, a Bolsa de Voluntariado ou o Portugal Voluntário que agregam oportunidades de voluntariado e facilitam a procura. 

4. O que faz um voluntário: como se preparar para o programa de voluntariado

Parabéns! Acabou de receber um e-mail ou telefonema a informar que foi aceite para ser voluntário. Agora está na altura de se preparar para a sua nova função. Mas e agora, o que faz um voluntário? A resposta depende da organização em causa, mas como regra base, familiarize-se com a descrição da função novamente e pesquise mais sobre a instituição. 

Dependendo da organização, pode ser necessário fazer algum tipo de formação ou participar numa sessão de introdução. Esta é uma parte essencial do processo, pois ajuda a perceber quais as suas responsabilidades e garante que esteja pronto para começar o programa de voluntariado!

5. Iniciar a sua primeira função de voluntariado

Seis pessoas, todas com t-shirts azuis, riem e dão cinco em cima umas das outras num grupo.

Agora que concluiu a sua preparação e formação, de forma a sentir-se mais confiante e preparado, é a hora certa de iniciar a sua aventura de voluntariado! Aborde a sua nova função com entusiasmo, e comprometa-se com o desafio. Lembre-se de que a sua contribuição, não importa se grande ou pequena, faz a diferença e traz benefícios para a comunidade. Aproveite todas as vantagens do voluntariado: a oportunidade de aprender novas habilidades, conhecer novas pessoas enquanto contribui positivamente para a sociedade.  

Voluntariado: o que é que significa ser voluntário pela primeira vez?  

Por último, mas não menos importante, temos algumas dicas para voluntários iniciantes: 

  1. Seja de confiança. Quando se comprometer com uma função de voluntariado, é crucial ser confiável e consistente. Seja pontual, não cancele nos dias em que se comprometer, conclua as suas tarefas e seja alguém em quem a organização pode confiar. 
  2. Mantenha-se positivo. Manter uma atitude positiva é fundamental para uma experiência de voluntariado bem-sucedida. Não só para si, mas para todos os envolvidos. 
  3. Esteja aberto ao conhecimento. O voluntariado é uma oportunidade de aprender coisas novas e ter experiências únicas. Tire dúvidas e aproveite estes momentos para alargar os seus horizontes.  
     
    Um dos grandes benefícios do voluntariado é que está aberto a todos, independentemente da idade, formação ou experiência. Pode ser estudante, profissional ativo, reformado. Existem inúmeras oportunidades adequadas à sua agenda e interesses.  

Onde quer que vá, esteja preparado com lenços macios e fortes da Colhogar Suavísimo Lenços. Os nossos lenços são pensados para serem cuidadosos e suaves com peles sensíveis em todos os momentos. Aliados nas constipações ou a limpar lágrimas, tenha os sempre consigo para qualquer imprevisto.

 

O voluntariado é uma experiência gratificante que permite apoiar uma causa pela qual se é apaixonado, conhecer pessoas que pensam semelhante e, mais importante, ajudar a sua comunidade. Então, se estiver a pensar em como se tornar voluntário, não pense mais e siga em frente. 


Este artigo foi-lhe útil?Obrigado pelo seu comentário!
ou
Tem alguma pergunta? Contacte-nos