PDF

5 tratamentos naturais para a rinite alérgica para fazer em casa

Uma criança pequena que pode precisar de alguns remédios caseiros para a febre dos fenos enquanto sopra um dente-de-leão com um céu azul de fundo
Colhogar Suavísimo Lenços

Existem várias formas de tratar a rinite alérgica, popularmente conhecida por febre dos fenos. O seu médico pode prescrever esteroides ou encaminhá-lo para a imunoterapia, enquanto que o farmacêutico poderá aconselhar os anti-histamínicos. Mas e se, para combater a rinite alérgica, um tratamento natural for a sua opção? Neste artigo, compilámos cinco dos melhores remédios caseiros para combater a febre do feno.

 1. Vapor com óleos essenciais 

Quando falamos da febre dos fenos, o tratamento pretende aliviar sintomas como nariz obstruído ou congestão. A inalação de vapor é um dos remédios caseiros mais eficazes para descongestionar as vias aéreas. O tratamento para rinite alérgica pode ainda ser potenciado se forem adicionados óleos essenciais já que as ervas têm propriedades purificantes. Experimente adicionar eucalipto ou lavanda à água quente na hora de inalar vapor para aliviar a congestão nasal. Poderá ainda adicionar algumas gotas de óleos essenciais a um lenço suave para manter perto do seu nariz.

os lenços Colhogar Suavísimo são resistentes o suficiente para reter o óleo essencial ao longo do dia, mantendo a suavidade necessária à sua pele.

2. Mel regional

Comer duas colheres de sopa por dia de mel cultivado na região vai ajudar o seu corpo a criar imunidade em relação ao pólen local. Com o tempo, esse tipo de pólen deixará de provocar uma reação alérgica. Experimente esta mezinha se acredita que o seu problema é uma alergia ao pólen local. Remédios caseiros, como este tratamento para a alergia ao pólen, devem ser iniciados três meses antes do início da temporada da febre dos fenos.

3. Probióticos

Uma pesquisa realizada pelo Institute of Food Research descobriu que as “bactérias boas” de probióticos podem ajudar a reduzir a resposta imunológica do organismo ao pólen da relva. Os voluntários que bebiam leitem com adição de Lactobacillus casei, uma estirpe de probiótico, apresentaram uma resposta imune mais equilibrada.

Embora existam alimentos naturalmente ricos em bactérias boas, como o iogurte bio-vivo, os probióticos podem ser tomados como suplementos.

4. Alimentos com propriedades anti-inflamatórias e anti-histamínicas

Se preferir não tomar anti-histamínicos em gotas ou comprimidos, saiba que pode optar por comer certos alimentos. Estes alimentos podem ajudar a estimular o seu sistema imunitário, reduzindo a reação alérgica:

  • Gengibre
  • Açafrão
  • Alho
  • Cebola
  • Rábano-silvestre
  • Laranja
  • Kiwi 
  • Ananás
  • Malagueta e pimenta

Após termos aprendido a utilizar os alimentos para combater a rinite alérgica, o tratamento que vamos agora focar baseia-se no uso de plantas na forma de chá.

5. Chás de ervas

Tanto o açafrão quanto o gengibre encabeçaram a lista de alimentos benéficos e, juntos, podem ser utilizados como remédio para a febre dos fenos. São naturalmente picantes e ajudam a estimular o sistema. Pode ralar gengibre fresco para a água a ferver e adicionar açafrão num chá que ajudará no tratamento da rinite alérgica. Outros chás de ervas que podem ajudar incluem:

  • Alcaçuz. Acalma a garganta e ajuda a libertar o muco para que a tosse o expulse.
  • Hortelã-pimenta. Alivia a congestão e muco ao redor do nariz e cabeça.
  • Urtiga. Reduz a quantidade de histamina no corpo.
  • Camomila. Um anti-histamínico natural com propriedades anti-inflamatórias.

Com estes tratamentos naturais para a rinite alérgica, pode tratar os seus sintomas em casa de cinco maneiras diferentes. Embora estes remédios possam ajudar, o seu efeito não é imediato e um ou outro espirro podem surgir sem aviso; por isso, mantenha sempre por perto um pacote de lenços suaves!


Este artigo foi-lhe útil?Obrigado pelo seu comentário!
ou
Tem alguma pergunta? Contacte-nos